Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2011

O Círio Pascal

Imagem
A bênção do "círio pascal", que é uma coluna de cera de tamanho excepcional, normalmente fixa num grande castiçal especialmente destinado para este propósito, é um elemento notável da celebração do Sábado Santo. A bênção é feita pelo diácono, paramentado com uma dalmática branca. Uma longa oração eucarística, o "Præconium Paschale" ou "Exsultet", é cantado por ele, e durante o canto o círio é primeiramente ornamentado com os cinco grãos de incenso e, enfim, aceso com o fogo novo abençoado [assim foi até a Reforma da Semana Santa sob Pio XII]. Depois, noutra parte da celebração, durante a bênção da água batismal, o mesmo círio é mergulhado três vezes na água, às palavras: Descendat in hanc plenitudinem fontis virtus Spiritus Sancti (A virtude do Espírito Santo desça sobre a plenitude desta água). Do Sábado Santo até a Ascensão do Senhor o círio pascal permanece no santuário, no lado do Evangelho [junto do ambão, como atestam vários séculos anteriores], e é…

Tríduo Pascal - Matriz de Teresina - Celebração da Paixão do Senhor

Imagem
ALLELUIA
Sexta-feira Santa Celebração da Paixão do Senhor Dia de jejum e abstinência no qual temos acompanhado  o julgamento e a condenação do Juiz do vivos e dos mortos. Isaac, o filho único de Abraão, foi poupado da imolação; Jesus Cristo, o Verbo divino, o filho único de Deus e da Virgem Maria, não foi poupado pelo Pai, mas se fez sacerdote e vítima em favor dos homens.
   Tarde da Sexta-feira da Paixão do Senhor  A entrada silenciosa  Prostração do sacerdote  Oração Pai, em tuas mãos entrego o meu espírito.  Homilia  Eis o lenho da Cruz  do qual pendeu a salvação do mundo!  Vinde, adoremos!   Adoração da Cruz O sacerdote, após ter depositado a casula, se possível descalço, aproxima-se primeiramente da Cruz, ajoelha-se diante dela e a beija. A teologia católica não teme em dar aqui à palavra “adoração” seu verdadeiro significado. A verdadeira Cruz, banhada com o sangue do Redentor, torna-se, por assim dizer, uma só coisa com Cristo e recebe a adoração. Por isso, prostrando-nos diante do lenho sagrad…

Tríduo Pascal - Matriz de Teresina - Missa in Cena Domini

Imagem
ALLELUIA
Caríssimos, depois de um "sagrado recesso", o blog da ARS está sendo atualizado aos poucos, sobretudo com fotos do Sacro Tríduo Pascal na Igreja de Nossa Senhora do Amparo, Matriz de Teresina-PI. A todos os amigos, conhecidos e leitores de todo o Brasil e de fora, desejamos uma Páscoa santa, em que cada um traga consigo uma parcela da vitória de Cristo Deus sobre o pecado e a morte, e revigore com alegria a fé recebida da Santa Igreja Católica. O celebrante é o Pe. José de Pinho Borges Filho, pároco da Paróquia Nossa Senhora do Amparo e coordenador do Setor de Liturgia da Arquidiocese de Teresina. No Sacro Tríduo Pascal contamos com a ajuda de vários coroinhas da Comunidade Shalom.
Quinta-feira Santa Missa Vespertina da Ceia do Senhor
Eis o dia de recordar a instituição do mandamento da caridade, 
do Sacrifício e Sacramento da Eucaristia 
e do Sacerdócio da Nova e Eterna Aliança.
Primeira incensação  Proclamação do Evangelho Lava-pés  Mistura da água com vinho no cálice (Ofertó…

6 anos de Bento XVI

Imagem
Pax et bonum!

Três dias depois do aniversário natalício do Papa Bento XVI (16/04), comemoramos hoje - 19/04 - (lamento por só poder ter postado no fim do dia) o aniversário de eleição do então Cardeal Ratzinger como Bispo de Roma, Sumo Pontífice e Pastor Universal da Igreja de Cristo.
Recordemos aquele dia em que o mundo recebeu com alegria o feliz anúncio: "HABEMVS PAPAM", após 17 dias de Sé Vacante (período entre a morte de um papa e a eleição do sucessor).



Orémus. Deus, qui providéntiæ tuæ consílio super beátum Petrum, céteris Apóstolis præpósitum, Ecclésiam tuam ædificari voluísti, réspice propítius ad papam nostrum Benedictum, et concéde, ut, quem Petri constituísti successórem, pópulo tuo visíbile sit unitátis fídei et communiónis princípium et fundaméntum. Per Dóminum nostrum Iesum Christum, Fílium tuum, qui tecum vivit et regnat in unitáte Spíritus Sancti, Deus, per ómnia sǽcula sæculórum. Amen.
Oremos. Ó Deus, que segundo o juízo da vossa providência quisestes edificar …

Uma Semana Santa para o mundo inteiro

Pax et bonum!

Neste ano, a celebração da Páscoa do Senhor ocorrerá nos mesmos dias para os católicos e os ortodoxos. Como assim? Os cristãos ortodoxos celebram a Páscoa do Senhor segundo o calendário juliano, enquanto os católicos celebram segundo o calendário gregoriano (que se tornou o calendário civil comum em vigor em todo o mundo). A coincidência da Páscoa católica e ortodoxa e, portanto, da Semana Santa e da Quaresma ou Grande Jejum (como chamada pelos orientais) ocorre apenas em alguns anos. Peçamos a Deus, de modo particular, o dom da unidade entre os cristãos. Que os dois pulmões da Igreja de Cristo, o Oriente e o Ocidente, possam plenos gritar ao fim desta semana:
CHRISTVS SVRREXIT ΧΡΙΣΤΟΣ ΑΝΕΣΤΗ Cristo ressuscitou!

O pleito pela Missa Latina

(Todos os grifos são nossos)
O Pleito pela Missa Latina Dietrich Von Hildebrand
Dietrich von Hildebrand foi um dos filósofos cristãos mais eminentes do mundo. Professor na Fordham University, o Papa Pio XII chamou-o "Doutor da Igreja no século XX". Ele é autor de vários livros, incluindo Transformation in Christ e Liturgy and Personality.
Triumph, Outubro de 1966
Os argumentos da Nova Liturgia foram elegantemente condicionados, e talvez agora sejam estudados por recomendação. A nova forma da missa foi planejada para empenhar o celebrante e o fiel numa atividade comunal. No passado, o fiel servia a missa em isolamento pessoal, com cada crente fazendo suas preces privadas, ou, na melhor, seguindo as fórmulas no missal. Hoje, o fiel pode aproveitar o caráter social da celebração; estão aprendendo a apreciá-la tal quais os almoços comunitários. Antigamente, o sacerdote murmurava em língua morta, o que criava barreiras entre este e o povo. Agora, todos falam em inglês, o que tende a u…

Hebdomada Sancta - MMXI - Paróquia Nossa Senhora do Amparo

Imagem
Arquidiocese de Teresina Paróquia Nossa Senhora do Amparo
HEBDOMADA SANCTA
ANNVS CARITATIS
17/04 Dominica in Palmis de Passione Domini Sancta Missa - 6h30, 9h (Missa Solemnis), 11h15, 17h30
18/04 Feria Secunda Sancta Missa - 7h15 Missa Chrismatis - Ecclesia Cathedralis Dominæ Nostræ Perdolentis - 19h
19/04 Feria Tertia Sancta Missa - 7h15, 17h Visitatio infirmorum - 9h
20/04 Feria Quarta Sancta Missa - 7h15, 17h Visitatio infirmorum - 9h
21/04 SACRVM TRIDVVM PASCHALE

Feliz Aniversário, Santo Padre!

Imagem
Bendito seja o o blog Subsídios Litúrgicos Summorum Pontificum, do querido Pe. Samuel de Fortaleza-CE! Confesso que até agora não tinha me lembrado que hoje, 16 de abril, o nosso Santo Padre, o Papa Bento XVI, completa 84 anos de idade. O pequeno Joseph Aloisius Ratzinger, de Marktl am Inn (cerca de 60km ao sudoeste de Passau, Baviera), na Alemanha, nascido em 16 de abril de 1927 - Sábado Santo, hoje é o sucessor de São Pedro, bispo de Roma, cabeça visível da Igreja, "doce Cristo na Terra" (no dizer de Santa Catarina de Sena). Que em sua vida possa ganhar o mérito da virtude e alcançar a misericórdia de Deus! E que no momento de sua passagem (queira Deus que ainda demore a vir), na alegria da perseverança final, sob o cuidado da Sempre Virgem Maria, descanse em paz na amizade de Cristo. Rogamos a Deus onipotente que lhe dê saúde, vigor e coragem até o fim de seus dias! Amém.
Orémus. Deus, qui in apóstoli Petri successióne fámulum tuum Benedictum elegísti totíus gregis esse pastó…

"Exsultet" - A Proclamação da Páscoa ou Precônio Pascal

Imagem
Pax et bonum!
Segue a minha tradução do artigo do Catholic Encyclopedia sobre o Exsultet, o Precônio Pascal. Convém lembrar que o texto, sendo das primeiras décadas do séc. XX, diz respeito diretamente às cerimônias na Forma Extraordinária. Algumas adições minhas estão entre colchetes. Ao fim do artigo disponibilizei uma partitura gregoriana e o aúdio do Vaticano.
***

Hino em louvor do círio pascal cantado por um diácono no Sábado Santo. No Missal o título do hino é "Præconium", como aparece na fórmula usada da bênção dada ao diácono: "ut digne et competenter annunties suum Paschale præconium". [Até os Missais da década de 20 (edição pio-beneditina) o nome era grafado como Exultet (sem o 's').] Fora de Roma, o uso do círio pascal parece ter sido muito antigo na Itália, na Gália e na Espanha, e talvez, pela referência de Santo Agostinho (Cidade de Deus, XV, 22), na África. O Liber Pontificalis atribui sua introdução na Igreja Romana local pelo Papa Zózimo. A fór…

Cinco anos Ad Orientem

Imagem
Pax et bonum!

Há um tempo encontrei este interessante testemunho e, hoje, revendo-o, achei por bem postá-lo.
Que o testemunho deste religioso anime mais sacerdotes a "orientarem" os corações e a Liturgia.

***
Dando um passo
O dia 17 de dezembro de 2010 marcará o quinto aniversário da minha posição ad orientem perante o altar para o Santo Sacrifício da Missa. Comecei a oferecer a Santa Missa exclusivamente ad orientem no Mosteiro da Cruz Gloriosa, onde trabalhei por vários anos como capelão. Preparei a mudança no Advento de 2005 com uma catequese pastoral e mistagógica apropriada.

Depois veio o Summorum Pontificum

Depois de 14 de setembro de 2007, o Summorum Pontificum facilitou bastante a celebração do rito tradicional da Santa Missa e, desde que assumi a minha missão em Tulsa, tenho oferecido a Forma Extraordinária diariamente, não tendo nenhum desejo e não vendo nenhuma necessidade, no contexto da vida monástica contemplativa, de celebrar na Forma Ordinária.
Não é um retrocesso

T…

O Tempo da Paixão

Imagem
Trata-se das duas últimas semanas entre o Domingo da Paixão (V da Quaresma) e a Páscoa. A última semana é a Semana Santa, enquanto a primeira é chamada entre os latinos de "Hebdomas Passionis" (Semana da Paixão), e pelos gregos de "Semana das Palmas" (palmas = ramos, do Domingo seguinte). Durante este tempo os monges do Oriente, que tinham escolhido o deserto para um modo de vida mais severo, retornavam para seus mosteiros (Cirilo de Citópolis em "Vida de Santo Eutímio", n. 11). As rubricas do Missal Romano, do Breviário e do "Cæremoniale Episcoporum" para este tempo são: antes das Vésperas do Sábado que precede o Domingo da Paixão, cruzes, estátuas e pinturas de Nosso Senhor e dos santos, no altar e no corpo da Igreja, excetuando-se apenas as cruzes e pinturas da Via Sacra, deve ser cobertas com um véu roxo, não transparente, e sem adornos. As cruzes permanecem cobertas até depois da solene denudação do crucifixo principal na Sexta-feira Santa.…

Beleza na Liturgia - entrevista com Mons. Guido Marini

Imagem
Wlodzimierz Redzioch: – Com o que se parece a colaboração entre Bento XVI e seu Mestre de Cerimônias? O Papa decide tudo? Mons. Guido Marini:Primeiramente, gostaria de sublinhar que as celebrações que o Santo Padre preside devem ser pontos de referência para toda a Igreja. O Papa é o sumo sacerdote, o único que oferece o sacrifício da Igreja, o único que apresenta o ensino litúrgico através das celebrações – o ponto de referência para todos. Considerando esta explicação, é mais fácil entender qual deva ser o estilo de colaboração entre o Mestre de Cerimônias do Papa e o Santo Padre. Deve-se agir no intuito de fazer das liturgias papais expressões de sua autêntica orientação litúrgica. Por isso, o Mestre de Cerimônias do Papa deve ser um servo humilde e fiel da liturgia da Igreja. Desde o começo tenho entendido desta forma o meu trabalho no Departamento das Celebrações Litúrgicas do Sumo Pontífice.
Todos podemos ver as mudanças introduzidas por Bento XVI nas celebrações litúrgicas. Co…