Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2011

"Greg o Rio" - um gracejo e uma bela máxima sobre o Canto Gregoriano

Imagem
Pax et bonum!
Aproveitando para fazer um gracejo... Nestes dias muitos exaltam o rock (através do evento Rock in Rio). Queremos, portanto, exaltar o Canto Gregoriano, que é o modelo da Música Sacra ocidental. Cantores, instrumentistas, coros, corais, scholæ, solistas, compositores, convém sempre recordar o que foi dito por São Pio X (Motu Proprio Tra le sollecitudini, 3) e recordado pelo Bem-aventurado João Paulo II (Quirógrafo no centenário do motu proprio Tra le sollecitudini, 12):
Uma composição para a Igreja é tanto sacra e litúrgica  quanto mais se aproximar, no andamento, na inspiração e no sabor, da melodia gregoriana,  e tanto menos é digna do templo,  quanto mais se reconhece disforme daquele modelo supremo.
Meu Deus, isto nos diz tanto, tanto... Mas, pensamos com a Igreja ou nos deixamos guiar por nossos gostos, vontades, teorias e "achismos"? São Gregório Magno, rogai por nós!
Obs: não é que a Igreja tem que copiar o mundo, obviamente, mas quis aproveitar a oportunidade.
Por …

Aprendeu com São Padre Pio: Pe. Stefano Manelli durante a consagração - vídeo

Pax et bonum!

Falando em São Padre Pio, não pude deixar de lembrar dos Franciscanos da Imaculada e de seu fundador, o Pe. Stefano Maria Manelli. Este fez sua Primeira Comunhão com Padre Pio e foi seu filho espiritual. O vídeo abaixo é da Consagração numa Missa na Forma Ordinária, em latim, versus Deum, com direito a alva rendada, casula romana e dedos juntos após a consagração. Não há como não perceber a semelhança com Padre Pio:

Por Luís Augusto - membro da ARS

São Padre Pio de Pietrelcina

Imagem
Pax et bonum!


Hoje, 23 de setembro, a Igreja celebra a Memória de São Pio de Pietrelcina, frade capuchinho e sacerdote, que faleceu no ano de 1968.
É conhecido como o único sacerdote a portar os estigmas visíveis (que antes foram invisíveis), já que o Servo de Deus Pe. João Baptista Reus, jesuíta, também recebeu os invisíveis.
Esses dois santos têm muito em comum, tanto nos estigmas quanto na Missa. E viveram praticamente no mesmo período, sendo que o alemão feito brasileiro (o querido Pe. Reus), morreu na década de 40, 21 anos antes do Padre Pio.
Sobre a Missa, disse o Pe. Gabriele Amorth: "Não era um mistério particular a Missa de Padre Pio; o verdadeiro mistério, que compreendemos muito pouco, é a própria Missa! É um sacrifício, é a memória dolorosa da Cruz, a imolação de Jesus que se oferece ao Pai como vítima por nós e que se dá a nós como sinal de vida eterna" (AMORTH, Pe. Gabriele. Padre Pio - breve história de um santo. Editora Palavra e Prece. 2007. Pág. 75-76). Somos mu…

"A Heresia Anti-litúrgica", por Dom Prosper Guéranger, OSB

Imagem
Pax et bonum!

Há poucos dias encontrei um interessante texto que logo procurei traduzir. Tendo terminado há pouco, disponibilizo-a aos queridos leitores. Trata-se de um trecho da obra Institutions Liturgiques do conhecido liturgista e sacerdote beneditino Dom Prosper Guéranger, Servo de Deus. Passeando pela "prática litúrgica" dos reformadores protestantes até o seu tempo, Dom Guéranger enumera doze princípios basilares na reforma protestante da liturgia, o que ele chama de "heresia anti-litúrgica". Se este não fosse um estudo de fatos históricos, se assim podemos chamar, nós o contemplaríamos como uma grande profecia a apontar para tantas coisas denunciadas desde Pio XII até Bento XVI, no que diz respeito à Liturgia. Infelizmente poderemos encontrar algumas ou várias destas características no seio da Igreja, até mesmo bem perto de cada um de nós.
Servo de Deus Dom Guéranger, rogai por nós, rogai pelo Novo Movimento Litúrgico!
Obs:Recomendo vivamente que acessem a versão …

Audiência Geral de 26/11/1969 - Paulo VI

Pax et bonum!

Continuando o assunto das duas Audiências de Paulo VI, posto agora a de 26 de novembro de 1969. Interessante como o próprio Paulo VI reconheceu que o abandono do Gregoriano se seguiria ao "abandono" do latim. Dito e feito... Este seria, na visão do papa, o preço da "inteligência", ou seja, o preço a ser pago para que os fieis compreendessem a oração litúrgica, ajudando-lhes a participar de modo ativo. Acontece, infelizmente, que em muitos lugares, mesmo com a Missa em vernáculo, sua realidade essencial permanece uma grande desconhecida. Não se trata meramente de um problema de língua. Bem disse o Santo Padre, o papa Bento XVI: "a arte da celebração é a melhor condição para a participação ativa (actuosa participatio). Aquela resulta da fiel obediência às normas litúrgicas na sua integridade, pois é precisamente este modo de celebrar que, há dois mil anos, garante a vida de fé de todos os crentes, chamados a viver a celebração enquanto povo de Deus, s…

Audiência Geral de 19/11/1969 - Paulo VI

Pax et bonum!

Normalmente quando se estuda algo sobre a entrada em vigor do novo Ordinário da Missa, em 1969, por conta da Constituição Apostólica Missale Romanum de Paulo VI (03/04/1969), cita-se as audiências gerais de 19 e 26 de novembro do mesmo ano. Por conta disso decidi traduzir as duas. É possível ver nas palavras do Santo Padre uma mescla de entusiasmo e de preocupação. Três anos (1972) foram suficientes para depois encontrarmos um Paulo VI aparentemente decepcionado, fazendo menções ao demônio e afirmando numa homilia de uma grande Solenidade em Roma - a dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo (29 de junho) - que "por alguma fissura a fumaça de Satanás entrou no templo de Deus". Esta afirmação, como revelado pelo Card. Virgílio Noé, tratava daqueles "prelados que faziam da Santa Missa uma palha seca em nome da criatividade" dado que Paulo VI sustentava que "na verdade estavam possuídos da vanglória e do orgulho do maligno" e que por isso sofreu "cr…

CONVITE - Solenidade de Nossa Senhora das Dores - Padroeira da Arquidiocese de Teresina

Imagem
Pax et bonum!

Hoje a Arquidiocese de Teresina celebra a Solenidade de Nossa Senhora das Dores, sua padroeira. A programação é a tradicional:
- Liturgia das Horas: II Vésperas na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Amparo (Praça da Bandeira/Praça Rio Branco), às 18h - Procissão: da Igreja Matriz até a Igreja Catedral - Santo Sacrifício: Missa Solene na Igreja Catedral de Nossa Senhora das Dores (Praça Saraiva), às 19h
Após as celebrações solenes dos grandes mistérios do Senhor e da Bem-aventurada Virgem Maria, que estão no Calendário Romano, este é o dia mais importante para nossa Arquidiocese. Façamo-nos presentes todos nós (fieis de Teresina e cidades das foranias rurais).
Por Luís Augusto - membro da ARS

Glória a Deus por tudo isto! - São João Crisóstomo

Imagem
Pax et bonum!

Vida
Ontem, 13 de setembro, celebramos a memória do grande Bispo e Doutor da Igreja São João Crisóstomo (="boca de ouro"), considerado geralmente como "o mais proeminente doutor da Igreja Grega e o maior pregador do púlpito cristão de que já se ouviu falar" (cf. Catholic Encyclopedia).
Nasceu em 347 na Antioquia. Com pouco mais de 20 anos, cativado pela caráter do bispo Melécio, estudou as Escrituras, recebeu o Batismo e foi ordenado Leitor. Ingressou numa comunidade ascética próxima a Antioquia, sob a guia de Diódoro. Mais tarde, desejando mais austeridade, passou a viver como anacoreta numa caverna. Todavia, as vigílias e os jejuns o deixaram muito debilitado, razão pela qual, por prudência, retornou à vida mais simples na Igreja como Leitor. Muito provavelmente foi ordenado diácono por Melécio em 381. Como tal, ele tinha que servir nas funções litúrgicas, cuidar dos doentes e pobres, e provavelmente esteve um tanto encarregado do ensino dos catecúmeno…

7 de setembro - Independência do Brasil

Imagem
Pax et bonum!
Hoje, 7 de setembro, comemoramos a Independência do Brasil [em relação a Portugal, tornando-se uma nação livre e soberana], proclamada no ano de 1822, sob a regência do príncipe Dom Pedro I.  Embora tendo sido obscurecida, outra data que tem grande relevo no assunto é 12 de outubro, do mesmo ano, quando se deu a coroação de Dom Pedro I como Imperador do Brasil. Para a ocasião foi composto o Hino da Independência (letra e música).
O Missal Romano traz, em sua Forma Ordinária, uma Oração PRO PATRIA VEL CIVITATE, que nos faz bem recordar e rezar no dia de hoje. Segue o texto latino com uma tradução livre minha:

Deus, qui mirábili consílio univérsa dispónis, súscipe benígnus quas pro pátria nostra tibi fúndimus preces, ut sapiéntia moderatórum et honestáte cívium concórdia et iustítia firméntur, atque fiat cum pace prospéritas perpétua. Per Dóminum. Ó Deus, que de modo admirável dispondes todas as coisas, recebei benigno as preces que vos apresentamos pela nossa pátria, para que, …