Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2012

O quanto vale uma Missa (para refletir)

Imagem
Obsecramus pro Christo, reconciliamini Deo.
Ontem, dia 25/02, estudando o Cânon Romano pela obra "Explicações das orações e das cerimônias da Santa Missa", anotações recolhidas nas conferências capitulares do Mosteiro St. Pierre de Solesmes, de Dom Prosper Guéranger (1806-1875), com o Pe. José de Pinho Borges Filho, achamos interessante um trecho que transcrevo abaixo para reflexão pessoal. Abstenho-me de interpretações e comentários. A missa vem antes de qualquer outra coisa, e suas intenções devem ser respeitadas. A Santa Igreja abre a todos os seus membros a participação no grande sacrifício. Por esta razão, se o Sacrifício da Missa se extinguisse, não tardaríamos a cair no estado depravado em que se encontravam os povos corrompidos pelo paganismo. Esta será a obra do Anticristo: ele tentará todos os meios para impedir a celebração da Santa Missa, a fim de que esse grande contrapeso seja retirado e que Deus ponha fim a todas as coisas, não tendo mais razão para fazê-las sub…

Breve atualização (por conta dos dias sem postagens)

Imagem
Obsecramus pro Christo, reconciliamini Deo.
Caríssimos, por causa de pouco tempo o blog ficou sem recentes atualizações.
Por conta disso, daremos apenas breves considerações do que se tem passado nos últimos dias. Especificamente, citamos dois acontecimentos:
1º: Hoje (dentro de poucas horas), Missa na Forma Extraordinária em São Luís-MA. Bom seria já termos publicado esta ótima notícia, mas não nos foi possível. 2º: Para a glória de Deus, na Quarta-feira de Cinzas, início da Quaresma, a 22 de fevereiro, foi publicada a nomeação de D. Jacinto Furtado de Brito Sobrinho, até então bispo de Crateús-CE, para Arcebispo Metropolitano de Teresina-PI. Tal fato põe termo à nossa grande espera. A paciência, contudo, é-nos necessária, já que S. Exa. Revma. só tomará posse no dia 06 de maio. Todavia, DEO GRATIAS, que atendeu nossa prece e deu-nos um pastor.

Escolhendo os cantos para a Santa Missa (Forma Ordinária do Rito Romano)

Pax et bonum!

Há um bom tempo, reuni um conjunto de informações de alguns documentos dos Papas e da Santa Sé acerca do sentido dos cantos da Santa Missa.
Se sua equipe de cantos ou ministério de música está encarregado do canto na celebração da Santa Missa, o texto que segue pode ser um grande aliado, já que é uma formação básica para a escolha destes cantos.
Este material também ajudará você a encontrar os pontos de divergência entre o ensinamento da Igreja a respeito e a prática que pode estar sendo corrente na sua paróquia, em seu grupo, a fim de, pouco a pouco, passar a uma escolha de cantos segundo o autêntico espírito da Liturgia.
Para se fazer o download do arquivo em pdf, acesse o Gloria.TV.

Boa leitura, bom estudo, boa prática!
Por Luís Augusto - membro da ARS

<p><p><p><p&…

Mulheres podem servir ao altar?

“O homem não casado é solícito pelas coisas do Senhor e procura agradar ao Senhor” - observava a II Leitura (1Cor 7,32-35) da Missa do IV Domingo do Tempo Comum, segundo o calendário da Forma Ordinária do Rito Romano. Igreja lotada, o Pároco aproveitou para predicar acerca do sacerdócio e de suas exigências, quando insólita e inesperadamente desabafou: “Fico triste quando chego em uma Paróquia e não encontro meninos no grupo de coroinhas, quando olho pro altar e só vejo mulheres lá”. E acrescentou: “A maioria dos sacerdotes que conheço descobriu sua vocação servindo ao altar. Eu mesmo fui coroinha”. Preocupado com a escassez de sacerdotes, vaticinou: “Nós estamos ficando sem padres. A diocese perdeu cinco sacerdotes no último ano. É preciso rezar pelas vocações. Os meninos não querem mais ser coroinhas. Os pais preferem que seus filhos sejam tudo, menos sacerdotes”. Parece-me correto o diagnóstico do Sacerdote. Se não me engano, conta com quase quinze anos que a última vocação sacerd…