Postagens

Mostrando postagens de Março, 2012

"Ad Orientem", um testemunho do séc. III na Liturgia das Horas

Imagem
Obsecramus pro Christo, reconciliamini Deo
Pax et bonum!
No final da tradução que fiz da obra do Mons. Klaus Gamber, que levou o título de "Voltados para o Senhor", bem como noutras ocasiões, já fiz uso de uma citação da Instrução para aplicação das prescrições litúrgicas do Código de Cânones das Igrejas Orientais, n. 107 (trata-se de um documento da Santa Sé), que, depois de citar um testemunho de São João Damasceno (séc. VII~VIII), diz o seguinte: ...o celebrante que preside na celebração litúrgica ora voltado para o oriente, assim como o povo que participa. Não é uma questão de presidir a celebração com as costas voltadas para o povo, como muitas vezes é alegado, mas mais propriamente de guiar o povo na peregrinação rumo ao Reino, convocado para a oração até o retorno do Senhor.Ontem, por causa da Solenidade de São José, Esposo da Bem-aventurada Virgem Maria e Patrono da Igreja Universal, não se rezou o Ofício da segunda-feira da IV semana da Quaresma. Folheando o Breviário …

São José, esposo da Bem-aventurada Virgem Maria e Patrono da Igreja Católica

Imagem
Obsecramus pro Christo, reconciliamini Deo
Pax et bonum!

É a primeira vez, na Quaresma deste ano, que interrompemos a caminhada penitencial, no meio da semana, para comemorar uma Solenidade: é a Solenidade de São José, esposo da Bem-aventurada Virgem Maria. Todavia, ouvir falar assim de São José é sempre o mais comum, sobretudo, sem dúvida, porque o pouco que dele se fala nos Santos Evangelhos relaciona-se à sua qualidade de esposo da Virgem Maria e de pai adotivo do Senhor Jesus Cristo. Infelizmente, sua humilde figura muitas vezes fica obscurecida diante do esplendor da Santíssima Virgem, mas é muito conveniente, hoje em dia, recordamos as glórias do Chefe da Sagrada Família.
Sisto IV, que quis que fosse inserida no Breviário e no Missal Romano a festa de São José; Gregório XV, que com o decreto de 08 de maio de 1612 prescreveu celebrar a festa com rito duplo de preceito em todo o mundo; Clemente X, que em 06 de dezembro de 1714 adornou a referida festa com missa e ofício inteiramente p…

Tesouros dos séculos passados (antigas edições do Missal Romano)

Obsecramus pro Christo, reconciliamini Deo.
Pax et bonum! Esta simples postagem quer apenas reunir várias edições completas do Missal Romano na Internet para os que se interessarem em fazer pesquisas e estejam desejosos de ver como eram as páginas que passaram pelas mãos de padres de tantos séculos atrás.
Edição de 1474 Missale ad usum Romanæ Ecclesiæ (1500)
Edição Tridentina de 1570, pela Bula de São Pio V Missale Romanum (1574)
Edição após a bula de 1604, de Clemente VIII Missale Romanum (1628)
Edição após a bula de 1634, de Urbano VIII Missale Romanum (1636)


------------------------------------------------------------------
Seguem abaixo edições mais recentes, dentre as quais o Missal da Forma Extraordinária do Rito Romano e a Terceira Edição Típica do Missal editado por Paulo VI. O que complementa a série acima para estudos da Missa Romana do séc. XV até hoje.

Edição "Pio-Beneditina" (São Pio X e Bento XV), de 1920 Missale Romanum (2004)

Edição do Beato João XXIII, de 1962 (Forma Extra…

Capítulo X traduzido (Liturgia - princípios fundamentais)

Obsecramus pro Christo, reconciliamini Deo.
Pax et bonum!
Depois da notícia de tradução do IX capítulo da obra de Dom Gaspar Lefebvre, em agosto do ano passado, finalmente venho dizer que concluí a tradução do capítulo X.
Título:
X - O OFÍCIO DIVINO
Os Salmos no Ofício Divino As Orações no Ofício Divino Os Santos Padres e a Sagrada Escritura no Ofício Divino Os Evangelhos no Ofício O Ofício Divino, fonte de profunda espiritualidade para os fiéis
Verei se realmente publico esta metade do livro como Parte I. De qualquer forma, reitero o apelo de outrora: precisamos de alguém que voluntariamente nos ajude na revisão desta tradução, pois não queremos e podemos publicá-la com dúvidas, lacunas ou erros. Pedimos: quem quiser ajudar, sendo bom conhecedor de francês, mande-nos um email.

"A Sacrosanctum Concilium e a Reforma do Ordo Missæ", por Dom Alcuin Reid

Obsecramus pro Christo, reconciliamini Deo.
Pax et bonum! No dia 04 de agosto de 2011 eu publiquei aqui no blog a tradução do artigo"Sacrosanctum Concilium and the Reform of the Ordo Missæ" do então clérigo Dr. Alcuin Reid, da Diocese de Fréjus-Toulon, na França. Dois dias depois (06/08/11), fiz um público mea culpa, depois de ter sido exortado pelo autor a retirar a tradução da web, por não ter pedido permissão para a tradução e para a publicação. Mais dois dias (08/08/11) e o autor me pede a tradução para analisá-la, revisá-la e providenciar, provavelmente em novembro [de 2011], que eu a publique, sem mais nada dever. Com alegria, recebi no último dia 05 um novo email do autor, no qual também apresenta seu novo estado de vida: é monge da recente fundação beneditina na mesma Diocese. Neste email, vem em anexo a tradução revisada e corrigida, com permissão para ser publicada como antes. Caríssimo irmão, Dom Alcuin Reid, eu, pessoalmente, a ARS e todos os fiéis de língua portuguesa …

"Sobre as tentações", por São João Maria Vianney

Todos nós somos inclinados ao pecado, meus filhos; somos ociosos, gananciosos, dados aos prazeres da carne. Queremos saber tudo, aprender tudo, ver tudo; devemos vigiar nossa mente, nosso coração e nossos sentidos, pois todos estes são portões pelos quais o diabo penetra. Vejam, ele nos rodeia incessantemente; sua única ocupação neste mundo é procurar companheiros para si. Por toda a nossa vida ele nos preparará armadilhas, tentará fazer-nos ceder às tentações. Devemos, de nossa parte, fazer todo o possível para derrotá-lo e resistir-lhe. De fato, não podemos nada por nós mesmos, meus filhos, mas podemos tudo com o auxílio do bom Deus; peçamos-lhe em oração para que nos livre do inimigo da nossa salvação, ou para que nos  fortifique a  fim de lutarmos contra ele. Com o Nome de Jesus derrubaremos os demônios, pô-los-emos  para correr. Com este Nome, se ousarem atacar-nos, nossas batalhas serão vitoriosas, e nossas vitórias serão coroas para o Céu, resplendentes de pedras preciosas. Veja…