Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2013

Duas novas obras brasileiras sobre a Sagrada Liturgia

Imagem
Pax et bonum!

Podemos dizer que ainda estão "quentes", "saídas do forno", duas novas, boas e bem recomendadas obras sobre a Sagrada Liturgia.
Os autores são leigos brasileiros, membros de apostolados litúrgicos bastante conhecidos na web e os livros foram publicados pela Editora Humanitas Vivens.
Parabenizamos os autores e oramos pelo êxito nas vendas e na transmissão do amor pelo culto divino.

Entrarei no altar de Deus - Cerimonial da Sagrada Liturgia
Volume I - Santa Missa e Liturgia das Horas

Autor: Michel Pagiossi Silva (Apostolado Servi Christi, Movimento Litúrgico, Agência Motus Liturgicus, Militia Sanctae Mariae, Academia Internacional de Estudos Litúrgicos São Gregório Magno)
Páginas: 374
Valor: R$ 49,00


Manual da Santa Missa
Autor: Rafael Vitola Brodbeck (Salvem a Liturgia,
Sociedade Internacional São Tomás de Aquino, Academia Marial de Aparecida, Regnum Christi)
Páginas: 200
Valor: R$ 34,90








Por Luís Augusto - membro da ARS

"Uma Missa Latina no Japão"

Imagem
Por Christopher Pitsch
25/06/2013

Menos de 1% da população japonesa é católica. Por isso, não é surpresa que uma Missa Latina (N.T.: expressão que se refere à Missa na Forma Extraordinária do Rito Romano, a "Missa antiga" ou "Missa Tridentina") seja muito rara no Japão. Pe. Ueda, um sacerdote do Instituto de Cristo Rei e Sumo Sacerdote, celebra a Missa Latina uma vez por ano. Pe. Onoda, das Filipinas, faz uma visita uma vez por mês. Há, todavia, um sacerdote no Japão que regularmente celebra a Missa na Forma Extraordinária. No meio da vida sobrecarregada e agitada da cidade de Tóquio, Pe. John A. Nariai (N.T.: o nome completo é John Baptist de La Salle Akito Nariai) oferece o Santo Sacrifício da Missa numa pequena capela privada em seu apartamento pessoal. Pe. Nariai é um sacerdote retirado (N.T.: ou seja, em retiro, "aposentado")  da diocese de Kagoshima, no sul do Japão. Ele entrou em contato com a Missa Latina pela primeira vez no ano de 2000, porque e…

A celebração do Sacramento do Matrimônio pode ser realizada fora da igreja?

Imagem
Pax et bonum!


Esta pergunta foi-me feita mui recentemente. Mais especificamente, uma amiga perguntou-me se a celebração do Sacramento do Matrimônio pode ser feita numa praia, num bosque ou noutros lugares similares, que não sejam uma igreja. Crendo que este pode ser o desejo e, portanto, a dúvida de várias pessoas, considerei que seria proveitoso responder através do blog. Bem, consultemos o Ritual do Matrimônio e o Código de Direito Canônico, inicialmente.
Ritual do Matrimônio (n. 27-29):
Celebre-se o Matrimônio na paróquia de um ou de outro dos nubentes, ou noutro lugar com licença do Ordinário ou do pároco. O Matrimônio é ordenado ao crescimento e à santificação do povo de Deus. A sua celebração reveste por conseguinte um caráter comunitário. Não requer somente a participação dos esposos e das pessoas que lhes estão mais próximas, mas também da comunidade paroquial, pelo menos na pessoa de alguns dos seus membros. Tendo em conta os costumes locais, se parecer oportuno, podem celebra…

A Consagração da Igreja e do Gênero Humano ao Imaculado Coração de Maria (Pio XII) e outras orações de consagração

Imagem
Pax et bonum!


Por ocasião da memória obrigatória de Nossa Senhora Rainha, no Calendário Geral da Forma Ordinária do Rito Romano, seguindo a ordem do Papa Pio XII, que instituiu esta Festa originalmente para o dia 31/05, no ano de 1954, de renovar anualmente nesta ocasião a Consagração do gênero humano ao Imaculado Coração de Maria, transcrevemos aqui a Consagração que ele mesmo fez em 1942, bem como atos de consagração que podem ser usados pelos fiéis, o que muito recomendamos para o dia de hoje. Bendita seja a grande Mãe de Deus, Maria Santíssima!
Consagração da Igreja e do Gênero Humano ao Coração Imaculado de Maria

Rainha do Santíssimo Rosário, auxílio dos cristãos, refúgio do gênero humano, vencedora de todas as grandes batalhas de Deus! ao vosso trono súplices nos prostramos, seguros de conseguir misericórdia e de encontrar graça e auxílio oportuno nas presentes calamidades, não pelos nossos méritos, de que não presumimos, mas unicamente pela imensa bondade do vosso Coração matern…

A Festa da Realeza da Bem-aventurada Virgem Maria

Imagem
Pax et bonum!

Após um tempo sem postagens e atualizações, é bom voltarmos hoje falando da Santa Mãe de Deus, a Virgem Maria. Hoje (22/08), na Forma Extraordinária do Rito Romano, comemoramos a Festa [de II classe] do Imaculado Coração da Bem-aventurada Virgem Maria, de cujo decreto colocaremos a tradução noutra postagem, e que na Forma Ordinária é memória facultativa no sábado após o II Domingo depois de Pentecostes, ou seja, no sábado seguinte à Solenidade do Sagrado Coração de Jesus. Na Forma Ordinária, todavia, celebramos a memória obrigatória de Nossa Senhora Rainha, que na Forma Extraordinária é Festa [de II classe] no dia 31/05, data original de sua instituição. Levando em conta esta memória celebrada hoje pela maioria dos católicos de Rito Romano, compreendamos um pouco mais sobre esta devoção.  Infelizmente, parece que na cultura ocidental hodierna termos que remontam à monarquia, à realeza, à autoridade, causam certa aversão. Daí falar-se mais em Cristo pastor do que em Crist…