sexta-feira, 12 de junho de 2015

Cor arca legem continens - o histórico Hino das Laudes da Solenidade do Sacratíssimo Coração de Jesus (letra, vídeo e partitura

Pax et bonum!

Mosaico na ábside da Basília do Sagrado Coração de Jesus, em Paris, na França
Hoje os cristãos celebram a inflamadíssima caridade divina do Senhor Jesus Cristo, cujo símbolo é o coração físico do Verbo Encarnado.
Já havendo uma postagem sobre a doutrina e o culto da Solenidade de hoje, gostaríamos apenas de apresentar um pouco do belo Hino "Cor arca legem continens", do séc. XVIII. Este Hino pertence às Laudes, historicamente, e está ainda nas Laudes na Forma Extraordinária do Rito Romano. Na Forma Ordinária ele tomou lugar no Ofício das Leituras.

1. Cor, arca legem cóntinens, 
non servitútis véteris, 
sed grátiæ, sed véniæ, 
sed et misericórdiæ.
2. Cor sanctuárium novi 
Intemerátum féderis, 
templum vetústo sánctius, 
velúmque scisso utílius.
3. Te vulnerátum cáritas 
ictu paténti vóluit, 
amoris invisíbilis 
ut venerémur vúlnera.
4. Hoc sub amóris sýmbolo 
passus cruénta et mýstica, 
utrúmque sacrifícium 
Christus Sacérdos óbtulit.
*Versão antiga: 5. Quis non amántem rédamet? 
Quis non redémptus díligat, 
et Corde in isto séligat 
ætérna tabernácula?
Versão nova: Quis non amántem rédamet? 
Quis non redémptus díligat, 
et caritáte iúgiter
haerére Christo géstiat?*
6. Iesu, tibi sit glória, 
qui Corde fundis grátiam, 
cum Patre et almo Spíritu 
in sempitérna sǽcula. Amen.

Segue a tradução da CNBB:

1. Coração, arca santa, guardando
não a lei que aos antigos foi dada,
mas o dom duma nova Aliança,
no perdão e na graça firmada.
2. Coração, sois o novo Sacrário
da Aliança do céu com a terra,
Templo novo, mais santo que o velho,
véu que o Santo dos Santos encerra.
3. Vosso lado por nós foi aberto,
revelando ao olhar dos mortais
as raízes do amor invisível,
da ternura com que nos amais.
4. Sois sinal do amor infinito
de Jesus, que por nós se entregou,
e na cruz, sacerdote perfeito,
a perfeita oblação consumou.
5. Tal amor, haverá quem não ame?
Quem lhe possa ficar insensível?
Quem não busque, na paz deste lado,
o refúgio, a morada invisível?
6. Esta graça esperamos do Pai
e do Espírito Santo também:
no fiel Coração de Jesus
para sempre habitarmos. Amém.

Tradução literal nossa:

1. Coração, arca contendo a lei
não da antiga servidão,
mas da graça, mas do perdão,
mas da misericórdia;
2. Coração, santuário intemerato
da nova aliança,
templo mais santo que o antigo
e véu mais útil que o rasgado.
3. Chagado, a caridade
com golpe aberto vos quis,
para que do amor invisível
as chagas veneremos.
4. Sob este símbolo do amor,
padecido de forma cruenta e mística,
duplo sacrifício
o Cristo Sacerdote oferece.
*Da versão antiga: 5. Quem não amará de volta este que ama?
Qual redimido não amará
e não escolherá neste Coração
eternos tabernáculos?
Da versão nova: 5. Quem não amará de volta este que ama?
Qual redimido não amará
e, em contínua caridade,
ficar unido a Cristo não ansiará?*
6. Jesus, a vós seja a glória,
que do coração derramais graça,
com o Pai e o bom Espírito,
nos séculos eternos. Amém.




domingo, 7 de junho de 2015

Resumo da Conferência Sacra Liturgia 2015

Pax et bonum!

Entre os últimos dias 1 e 4 realizou-se na cidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos da América, mais uma edição da conferência Sacra Liturgia, um dos mais destacados eventos internacionais no âmbito do Novo Movimento Litúrgico.

Logo no primeiro dia, as primeiras palavras foram do Card. Raymond Burke, que falou sobre "Beleza na Sagrada Liturgia e a Beleza de uma Vida Santa". No fim da segunda-feira foram rezadas Vésperas Solenes na Forma Extraordinária.
Na terça-feira, dia que teve como ponto final e alto a Missa Solene na Forma Extraordinária, as cinco palestras tratavam dos seguintes temas:
1. A Reforma da Reforma, pelo Pe. Thomas Kocik
2. A Reforma dos Textos Litúrgicos das Principais Festas (Coletas), pela Dra. Lauren Pristas
3. A Suavidade da Beleza: Liturgia, Evangelização e Catequese, pela Dra. Margaret Hughes
4. Abordando o Triunfo do Mau Gosto: o Patrocínio da Igreja na Arte, na Arquitetura e na Música, pela Dra. Jennifer Donelson
5. A Música Litúrgica é Inegociável, pelo Sr. Gregory Glenn
Ainda houve uma sessão opcional, durante o almoço, que teve como tema "O Papel da Liturgia e da Renovação Litúrgica na Educação Católica do Ensino Superior", ministrada por Patrick Reilly.

O terceiro dia, que terminou com um Pontifical Solene na Forma Ordinária, trouxe à discussão os seguintes temas:
1. Liderança Litúrgica numa Sociedade Secular: A Perspectiva de um Bispo, por D. Salvatore Cordileone
2. Juventude e Liturgia, pelo Sr. Matthew Menendez
3. Pregação Litúrgica, pelo Pe. Dr. Allan White, OP
4. A Formação dos Sacerdotes 'no Espírito e na Virtude da Liturgia' (SC 14): Observações sobre a Implementação da Constituição e Propostas para a Formação Litúrgica de Sacerdotes no Séc. XXI, pelo Pe. Dr. Kurt Belsole, OSB
5. Liturgia como a Fonte da Identidade Sacerdotal, pelo Pe. Dr. Richard Cipolla
Como no dia anterior, houve uma sessão opcional, durante o almoço, com o tema "O Papel da Liturgia e da Renovação Litúrgica na Educação Católica do Ensino Fundamental e Médio", também ministrada por Patrick Reilly.

O quarto e último dia, Solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo, marcado por uma Missa Solene na Forma Extraordinária e pela Procissão pelas ruas da região, teve como palestras:
1. As Reformas da Semana Santa Revisitadas, pelo Pe. Dr. Dom Alcuin Reid
2. Formação Litúrgica e Identidade Católica, pelo Pe. Dr. Christopher Smith
3. A Reforma do Lecionário, pelo Dr. Peter Kwasniewski
4. A Reforma do Calendário Litúrgico: A Redução da Recapitulação, pelo Dr. Michael Foley
5. Vivendo a Liturgia: A Contribuição Monástica para a Renovação Litúrgica, pelo Dom Phillip Anderson, OSB

A conferência ainda contou com uma mensagem oficial do Cardeal Robert Sarah, atual Prefeito da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos.
Esperamos que eventos similares, à inspiração desses temas, possam ser preparados também aqui na Terra de Santa Cruz, nosso querido Brasil.
Que os nomes dos palestrantes sirvam para a sadia renovação bibliográfica daqueles que se dedicam mais ao estudo da Sagrada Liturgia.

Seguem fotos da última Missa e da Procissão:







sábado, 6 de junho de 2015

Introdução (praenotanda) do Gradual Simples em português

Pax et bonum!

Você já ouviu falar do Graduale Simplex (Gradual Simples)? Já sabe o que ele é?
Se ainda não sabe, pedimos que leia primeiramente esta postagem, onde também se encontra o link para download do livro.
Pois bem, concluímos hoje uma tradução livre de sua parte introdutória (o que nos livros litúrgicos costuma se chamar de praenotanda).
Acreditamos que seja de proveito para grupos de cantores que queiram entender melhor o Gradual Simples e utilizá-lo.
A tradução foi publicada no Gloria.TV e no Scribd, como consta abaixo:


sexta-feira, 5 de junho de 2015

Corpus Christi 2015: D. Jacinto convida as famílias à visita semanal ao Senhor Jesus no Santíssimo Sacramento

Pax et bonum!

A bula Transiturus de hoc mundo, de Urbano IV, que instituiu a Solenidade eucarística da segunda quinta-feira depois de Pentecostes - ou seja, nossa Solenidade de Corpus Christi - completará 751 anos em agosto. Podemos dizer, portanto, que a Solenidade, a partir de sua instituição, completou sua 750ª edição ontem.
Pois bem, gostaríamos de ressaltar um ponto da pregação de nosso arcebispo, D. Jacinto, na solenidade de ontem, pouco antes da bênção com o Santíssimo Sacramento, já no adro da Igreja de São Benedito, no centro de Teresina-PI.
Como prática concreta do Ano da Família (instituição arquidiocesana para 2015), nosso arcebispo convidou as famílias, no maior número possível de seus membros, a realizarem visitas semanais ao Santíssimo Sacramento, fora do horário em que, porventura, costumam ir à Santa Missa. Nós queremos fazer eco deste pedido, que consideramos eficaz e acertadíssimo diante dos ataques que de todos os lados tentam minar a célula vital da sociedade, a família.
Que os fiéis compreendam a importância desta obra e cumpram-na. Que Deus abençoe esta iniciativa, pelo bem de nossa nação e de todo o mundo!



segunda-feira, 1 de junho de 2015

Nova turma de preparação para a Consagração a Jesus por Maria, segundo o método de São Luis Grignion de Montfort


Salve Maria!!!

Dia 20 de junho (sábado),  na Matriz de Nossa Senhora do Amparo (centro de Teresina-PI) iniciar-se-á uma nova turma de preparação para a Consagração a Jesus por Maria, segundo o método de São Luís Maria Grignion de Montfort, conforme exposto em seu clássico Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem Maria.
Os encontros serão aos sábados às 9h e a Consagração será feita no dia 22 de agosto (festa de Nossa Senhora Rainha).

Conheça mais sobre a consagração:

01 - Maria no Projeto de Deus


02 - A Verdadeira devoção à Virgem Maria


03 - Preparando e vivendo a Consagração - Parte I


04 - Preparando e vivendo a Consagração - Parte II


Para maiores informações:
http://consagrate.com/